Balão do Google sobrevoa Nova Alvorada do Sul e é confundido com OVNI; ' até parece uma nave espacial'

Moradores ficaram curiosos com objeto flutuando no céu. Balão é parte de um projeto para levar internet a áreas remotas.

Por Rodrigo Rodrigues 02/03/2019 - 18:01 hs

Balão do Google sobrevoa Nova Alvorada do Sul e é confundido com OVNI; ' até parece uma nave espacial'
Fotos: Rodrigo Rodrigues/Nova Alvorada News

Um OVNI (Objeto Voador não Identificado) intrigou moradores de Nova Alvorada do Sul na tarde deste sábado (02).

O objeto bem distante, que dá pra ser visto a olho nu no céu causou alvoroço entre a população. Nossa equipe recebeu a informação via whatsapp que havia uma “nave espacial” sobrevoando a cidade, intrigados nossa equipe montou nossos equipamento de longo alcance para tentar descobrir se realmente seria uma nave espacial.

Após muito esforço pra conseguir capturar algumas imagens do objeto que já se encontrava bem distante, conseguimos descobrir o que na verdade já desconfiávamos do que se travava.

Conforme apuramos em um sistema de rastreamento aéreo para confirmar se realmente era oque pensavamos, trata-se de um objeto voador, sim - mas identificado.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Conforme apuramos, o objeto identificado como “HBAL 505” é um balão de plástico com 15 metros de diâmetro, equipado com um painel solar que alimenta com energia uma caixa com equipamentos eletrônicos, desenvolvidos para levar sinal de Internet a zonas rurais.

O balão é parte de um projeto chamado “Projeto Loon” de internet em banda larga do Google e sobrevoa parte do Mato Grosso do Sul neste sábado.

Esse projeto da Google testa o uso de balões para levar internet de banda larga a regiões remotas. A unidade que passou por Nova Alvorada do Sul foi lançada em uma área próximo a rodovia MS 170 na região de Aquidauana. Como o balão circula de acordo com o vento, ele acabou sendo levado pelas correntes de ar até cruzar pelo município. Ele passou pelo município a uma altitude de  52.100 ft (15.880 metros de altura).

Quem quiser acompanhar o trajeto do HBAL 505 - que, assim como outros balões do Google e também de aeronaves, pode ter acesso gratuito ao movimento no espaço aéreo da região (ao menos por 30 minutos) no site flightradar24, clique aqui.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Balões estão sendo testados pelo Google para oferecer internet banda larga — Foto: Google/Divulgação